{Resenha} Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven

Oi, Herdeiros!

Mais uma semana terminando, mas estou aqui para compartilhar com vocês a resenha de Por Lugares Incríveis, livro lindo e emocionante, que me deixou com uma baita ressaca literária e sentindo saudades dos personagens até hoje. 

POR LUGARES INCRIVEIS
Páginas: 336 - Autora: Jennifer Niven - Editora: Seguinte

SINOPSE 

Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.

Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

RESENHA 

Por Lugares Incríveis conta a história de Theodore Finch e Violet Markey, dois adolescentes que vivem conflitos emocionais após sofrerem problemas familiares. 
Eles se conhecem em uma situação em que ambos pretendem cometer suicídio. Porém, Finch convence Violet a não cometer o suicídio no alto da torre do colégio. 
Depois desse episódio, eles tem que realizar um trabalho de geografia juntos, que os fazem ir e conhecer alguns lugares em Idiana, a cidade aonde vivem. A partir daí, eles começam a ter um relacionamento de amizade e cumplicidade. Finch encontra em Violet motivos para se manter vivo, e Violet esquece-se de contar os dias para sair da cidade. 

MINHA OPINIÃO 

Sempre via esse livro nas redes sociais, nas livrarias e por causa da capa, das boas indicações e da sinopse o comprei. E me surpreendi com mais essa leitura. 
O livro traz uma narrativa muito boa e leve, apesar do tema abordado. A narrativa é em primeira pessoa e podemos sentir cada um dos personagens com mais intensidade. 
Finch é um daqueles adolescentes do colégio que é visto como o problemático, o esquisito e o incompreendido, mas conforme vamos lendo, vemos o que ele realmente sente e suas razões para ser o que é. 
Além de sofrer bullyng no colégio, ele tem que enfrentar um pai violento, uma mãe ausente, uma família completamente apática e um distúrbio de bipolaridade. 
"- Não é culpa sua. E ficar pedindo desculpas é perda tempo. Você tem que viver sem arrepedimentos. É mais fácil fazer a coisa certa desde o início pra que não tenha que pedir desculpas depois. - Não que eu tenha moral pra falar isso."
Violet, apesar de ser uma aluna e filha exemplar, perde a motivação de viver e ser, após o acidente com a sua irmã.  Passa a viver com o sentimento de culpa e se sente sem o direito de seguir em frente. 

" - O problema das pessoas é que elas esquecem que na maior parte do tempo o que importa não são as coisas. Todo mundo está tão ocupado no Lugar de Esperar."


O tema principal do livro é o suicídio, mas também aborda temas secundários como a depressão, a bipolaridade, a falta de autoestima e a falta também de uma afetividade dentro de uma família.
(Fiquei com muita raiva da família do Finch e os culpo por todo o sofrimento dele do início ao fim. Aonde já viu uma mãe não saber absolutamente nada sobre o que se passa com o próprio filho?) 

O livro é rico em detalhar sobre o pensamento suicida e bipolar, eu não tinha a dimensão de quanto um problema psicológico pode desestruturar uma pessoa. O assunto pode parecer clichê, mas temos mesmo é que cuidar um dos outros, estender as mãos e não pensar que tudo é frescura. 

A história de Finch  e Violet também vai receber adaptação no cinema, já tem um trailer (não oficial) no Youtube com um baita spoiller, se não gosta, melhor nem assistir. 


Esse livro é profundo, inspirador, triste e amoroso. Eu ri e chorei muito, muito mesmo. 
Super indico, com certeza! 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo